Visão complexa para uma forma complexa de agir (Complex vision for a complex form of action)

Neste artigo, Cecília Minayo e Júlio Torres trazem uma introdução à abordagem científica denominada “pensamento complexo”, complementa a visão tradicional e racionalista da ciência, oriunda do século XVII. Os autores mostram que coexistem hoje várias formas de se pensar a produção de conhecimento. Evidenciam também que a forma com que se organiza essa produção tem muito a ver com a própria organização da sociedade, da economia e do trabalho. Por exemplo, a ciência tradicional se desenvolveu a partir da lógica da revolução industrial.

Já o pensamento complexo é fruto tanto das transformações sociais como de descobertas científicas atuais e relevantes na Física, na Matemática, na Biologia, na Cibernética e nas Ciências Sociais. O texto termina mostrando que a visão complexa da ciência é fundamental para transformar as formas de pensar e de agir em saúde, particularmente para a vigilância sanitária, para a formação de pessoas e para a gestão dos serviços.

Diálogo – Comunicação e Redes de Convivência

O CAIBALION – Edição Definitiva e Comentada