Antoni Colom, com muita habilidade apresenta uma Epistemologia Compartilhada para a Educação cuja essência vem da Realidade Fractal, da Ciência da Complexidade e da Teoria do Caos.

No livro (A Des)construção, Antoni Colom aborda os esforços de objetivação que o homem realizou na tentativa de transmitir sua visão de mundo, revisando as perspectivas do experimentalismo, da teoria de sistemas e da cibernética.

Uma aproximação a estas novas fontes requer desconstruir a teoria clássica das ciências humanas e da pedagogia. Para isso se utiliza da Teoria do Caos, que assume a responsabilidade de construir uma nova teoria da educação: a Epistemologia Compartilhada.

Antoni J. Colom, catedrático espanhol de Teoria da Educação, apresenta as bases de uma nova ação pedagógica segundo as contribuições prestadas pela criatividade, pelo hipertexto, pelas situações do labirinto, entre outras, com consequências revolucionárias no futuro da educação.