Teoria da Complexidade


Veja:
Textos sobre Teoria da Complexidade

Clique para enviar mensagem, se identificando e pedindo Apresentação com:
Slides sobre Teoria da Complexidade: Visão Geral

Clique para enviar mensagem, se identificando e pedindo Apresentação com: Slides sobre Visões de Mundo:
(Mecanicista - Econômica - Complexa)

UNIVIVA - Universidade Viva - FGF TV - Programa com Júlio Tôrres, Roncalli Maranhão e Alberto Teixeira sobre Teoria da Complexidade - A Nova Ciência

Entrevista de Júlio Tôrres à Rádio Nereu de Blumenau-SC


A Teoria da Complexidade, hoje chamada de Nova Ciência, engloba várias teorias recentes – Teoria do Caos, Teoria dos Fractais, Teoria das Catástrofes, Lógica Fuzzy (difusa) entre outras – procedentes das ciências exatas que se dirigem, explicita ou implicitamente, para uma visão cada vez mais aproximada da realidade, sem simplificação, sem reducionismo. Paradoxalmente, estas teorias aproximam-se das ciências naturais e das ciências humanas. Estão sendo usadas para entender as estruturas e os processos organizacionais complexos que transcendem as teorias clássicas sobre organização. Os processos organizacionais são mais bem explicados e entendidos à luz dessas teorias. É um novo modo de investigação das mudanças.

A visão de complexidade nos remete à idéia de sustentabilidade para reverter o Squadro de vulnerabilidade a que todos estamos submetidos, inclusive o Planeta, na sua totalidade complexa. Sustentabilidade, não no sentido pequeno de adaptação, sobrevivência e de lucro, como às vezes é utilizado no âmbito organizacional, mas no sentido de preocupação com as perspectivas para as gerações futuras. Preocupações estas, tanto em termos de qualidade de vida para todos os seres vivos como em termos ambientais para todo o Planeta e também com relação ao processo sucessório nas organizações.

Ressalte-se que o Paradigma da Complexidade constitui um meio útil para entender os processos de inovação e auto-renovação em qualquer tipo de organização. É um novo modo de investigação das mudanças e para a pesquisa do gerenciamento estratégico e do desenvolvimento organizacional. É também um instrumento útil para entender as mudanças sociais no mundo, pois desafia as suposições convencionais de estabilidade natural, equilíbrio, processos lineares e preditibilidade determinística. Permite-nos trabalhar a pessoa em seus aspectos subjetivos, complexos, numa perspectiva do seu relacionamento nas organizações, nas relações de trabalho, de família, de sociedade ou de qualquer outra manifestação de organização que a cultura propicie.

Este paradigma já vem se instalando desde os anos 70 do século XX, embora muitas pessoas ainda não tenham consciência da existência das teorias que convergem para a mudança de época e de paradigma que estamos presenciando.

A Teoria da Complexidade, por nos propiciar uma visão mais próxima da realidade, pode nos ajudar muito a melhor entender e implementar os processos de Estratégia e de Gestão, proporcionando maior efetividade nas ações da organização e, como conseqüência, proporcionar um melhor relacionamento e atendimento das necessidades tanto dos atores internos como dos atores externos envolvidos com uma organização.

Voltar Início

Google